Pensei em escrever sobre o vento
insuportável vento
com gosto de mar
que joga areia, verga galhos
grita de noite, espanta sonhos
esse vento inútil
que dizem
dá tantas voltas
podia trazer um gosto de montanha
uma brisa, um cheiro de fazenda
qualquer coisa, vento
traz qualquer coisa
da filha do fazendeiro do sul. 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s