Parece que vou adormecer
embalando a tristeza em seu colo
parece mentira
ando perdido em seus seios
na verdade, estou de novo apaixonado.

Por onde andam aqueles olhos
que na adolescência das paixões
penetravam na puberdade de nossa cama?

O vento a trouxe de volta
e agora ando sonâmbulo na noite
por favor, não me torture
me beija, me dispa, me ame
ou então me faça esquecer.

Já vai? adeus. Quando voltar
me procura na ilusão
verá doces lembranças
de quando andávamos pelos sonhos
procurando por estrelas
em cada olhar apaixonado.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s