Ela disse, depois de cheirar
meu peito corrompido
– esse perfume não é seu
é o que restou de amar
seios e regaço
de outra que te prendeu
e levou da crença um pedaço.

Farejou como cão bramido
o rastro de seu dono traído
Agora sem paz ela dorme
na certeza da noite sem nome.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s